2018-10-12

Ao Serviço de Portugal, de Jorge Silva Carvalho, é uma viagem ao mundo dos serviços secretos portugueses

Chega às livrarias a 26 de outubro. E faz revelações surpreendentes.

Partilhar:

Ao Serviço de Portugal, de Jorge Silva Carvalho, é um dos livros mais aguardados da rentrée, prometendo revelações surpreendentes de um dos homens que melhor conhece o mundo dos serviços secretos portugueses.


Em 2016, Jorge Silva Carvalho foi condenado em tribunal por violação de segredo de Estado, acesso a dados pessoais e devassa da vida privada; na altura, como até hoje, contestou essa sentença — e, dois anos depois, quebra o silêncio com um livro que não se limita a abordar «o seu caso», mas que é também uma viagem à história e à vida recente dos serviços secretos portugueses. Nele, responde a questões que interessam a todos: como se organizam os serviços de informação? Quais são os limites e o alcance do trabalho dos «espiões portugueses»? É possível manter um serviço de inteligência sem atravessar as fronteiras da legalidade?

Numa linguagem viva e direta, Jorge Silva Carvalho começa por recordar as acusações durante a última sessão do seu julgamento, recua aos tempos da sua formação no SIS, à especialização em contraespionagem, à formação da Casa da Rússia, à atividade dos serviços em algumas operações de vigilância e contrainformação, e mostra — pela primeira vez — como decorrem essas operações tanto em Portugal como no estrangeiro. Um livro que não vai deixar ninguém indiferente e que quebra o silêncio sobre o mundo dos serviços de informações nacionais.

O livro chega às livrarias a 26 de outubro.

O AUTOR

Jorge Silva Carvalho nasceu em Lourenço Marques em 1966. Licenciado Direito em Lisboa (FDL) e Mestre em Gestão de Empresas, entrou para o Serviço de Informações de Segurança (SIS) em 1991. Desde muito cedo ocupou vários cargos dirigentes nos serviços de informações, tendo terminado a sua carreira como diretor-geral do SIED – sendo um dos especialistas de referência em informações, segurança nacional e internacional, espionagem e contraespionagem, vigilância e contra vigilância. Foi professor de Direito e Segurança em várias universidades e fundou o primeiro curso de pós-graduação português em Inteligência Competitiva e Gestão do Conhecimento. Desde 2011 que trabalha no setor privado como gestor de empresas e consultor em matérias de segurança e inteligência estratégica e económica.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK