2019-11-13

Quarenta anos de prática clínica, quarenta anos à escuta dos amantes

Novo livro assinala quarenta anos de prática clínica de Júlio Machado Vaz, chega às livrarias a 15 de novembro e é apresentado perante 850 pessoas no Porto

Partilhar:
Júlio Machado Vaz cumpriu recentemente setenta anos de idade e quarenta de prática clínica, quarenta anos passados num consultório médico à escuta de histórias de dilemas e desesperos, paixões e reencontros – quarenta anos à escuta dos amantes. Essa é a base de um livro – À Escuta dos Amantes – que percorre as memórias e labirintos daquele que é um dos mais prestigiados e acarinhados especialistas portugueses na área dos relacionamentos amorosos. 

Nesta obra, que chega às livrarias a 15 de novembro, Machado Vaz parte daquilo que aprendeu com os seus pacientes para uma reflexão sobre si mesmo e sobre a medicina que pratica, ensina e sonha. Mas À Escuta dos Amantes é também uma porta para o pensamento tão apurado quanto caleidoscópico com que Júlio Machado Vaz analisa a vida. Nestas páginas, o autor não esconde algumas intimidades: do romance sempre adiado, passando pelo olhar do cidadão sobre o quotidiano, até ao diário da digressão poética e musical jamais imaginada.

 Depois do sucesso de O Amor é (3.ª edição), escrito com Inês Maria Meneses, a Contraponto publica um novo livro de Júlio Machado Vaz, médico psiquiatra que toda a vida tem tentado escutar as palavras – e o inevitável amor – com isenta ferocidade. 

O evento de lançamento acontecerá no dia 17 de novembro, às 19h00, no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, perante 850 pessoas. Em Lisboa, o livro será apresentado a 28 de novembro, às 18h30, no El Corte Inglés.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK