Caderno de Encargos Sentimentais

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponíveis
9,90€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
9,90€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

«A Inês é a mais perigosa das mulheres. Fica-nos com o coração.»
Valter Hugo Mãe

Neste livro, Inês Meneses juntou o fôlego do quotidiano que muitas vezes deixamos transpirar para o Facebook. A autora recolheu-o e publicou-o. A conceção gráfica esteve a cargo da Lavandaria. Depois de várias edições de autor, o Caderno chega agora ao grande público, com chancela da Contraponto.

«O que aqui se escreve é para as pessoas, essa condição nem sempre certeira que distingue bichos entre irracionais e humanos.»
Do prefácio de Valter Hugo Mãe
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

único...
Daniela Dengucho - Livraria Bertrand Espinho | 2021-06-07
"Caderno de Encargos Sentimentais" é um compêndio de pequenas reflexões, citações, letras de músicas, entre outros. Escrito de forma simples e honesta, este pequeno "caderno" fala diretamente com a alma do leitor e oferece-lhe a compreensão que tanto procura.

DETALHES DO PRODUTO

Caderno de Encargos Sentimentais
ISBN: 9789896662653
Edição/reimpressão: 06-2020
Editor: Contraponto Editores
Código: 193633000047
Idioma: Português
Dimensões: 120 x 188 x 6 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 64
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Outras Formas Literárias
Inês Meneses nasceu em 1971. Faz rádio desde os 16 anos e escreve também. É desde 2004 autora do programa de entrevistas Fala com Ela, primeiro na Radar e atualmente na Antena 1. Também na Antena 1, está no programa PBX, com Pedro Mexia, numa parceria com o jornal Expresso, e desde 2008 no programa O Amor É, ao lado do psiquiatra Júlio Machado Vaz, com o qual publicou, em 2018, pela Contraponto, um livro com o mesmo nome. Já nesse ano tinha publicado, pela Abysmo, o pequeno livro Amores (Im)Possíveis, com ilustrações de Tiago Galo. Em 2020, publicou, primeiro em edição de autor e depois na Contraponto, Caderno de Encargos Sentimentais, já na 6.ª edição. Escreve crónicas desde final de 2020 no Público online.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK